Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de 2013

Bom moço dos ollhos-verdes-que-são-um-castanho-que-deu-errado

Para ler ouvindo Too Close, Alex Clare Entre outras, como Flor, do Jorge e Mateus
Meu sobrenome é ansiedade. Sempre quis tudo para ontem e nunca tive tempo a perder. Até mesmo ao andar na rua eu não suporto/ava as pessoas que andam mais devagar que eu (detalhe: isso todos os meus amigos já tinham reparado). Uma pessoa, assim, um tanto diferente, resolveu aparecer no pior momento da minha vida. OK, eu só me mostrei quando eu realmente precisava de “ajuda”. Momento este em que a pressa era a maior, que a ansiedade estava o dobro do dobro, a carência então? Nem se fala... Essa aí não tem jeito.
Ele faz o tipo bom moço, aquele que senta na primeira fileira e paparica todas as tiazinhas que não tiveram o ‘prazer’ de se casar (e até das que casaram). E ele tem aquela droga daqueles olhos verdes. Porque diabos esses olhos verdes tinham que ser tão expressivos? Afinal, o que tem de mais nuns olhos verdes? Eles são apenas (e digo, a-p-e-n-a-s) o castanho que deu errado... Não é isso que os biól…

Sorte a sua

Lembra que na nossa primeira noite eu te pedi em casamento? Eu lembro que você tentou fugir da minha pergunta, mas eu perguntei de novo e você disse “...daqui a cinco anos”. Eu me lembro dessa noite como se fosse ontem. Faz só cinco meses, meu príncipe, mas todos os dias eu digo ao meu coração para agüentar firme e ele tem feito um bom trabalho, apesar de ter umas recaídas de vez em quando. A nossa foto não é mais capa do meu celular, mas continua guardada para que naqueles momentos difíceis eu tenha certeza de que tudo isso realmente aconteceu. Infelizmente eu não posso prometer pro meu coração que no final desses cinco anos você vai estar de volta para me confortar. Talvez você precise de mais tempo. Ou de muito, muito, muito mais tempo. Sorte a sua que eu acredito em vida após a morte. Eu acho que tomei a decisão certa... Eu sei que tudo tem sua hora para acontecer, além de que, o que é meu está guardado. E aquele pedacinho do seu coração, que no meio dos nossos encontros ele quis…

Príncipe promovido a rei

Meu príncipe roubou todas as minhas virtudes e me prendeu na masmorra. Tornou-me prisioneira de mim mesma, já que mesmo tendo feito todo esse mal comigo, eu ainda conseguia amá-lo. Meu príncipe também roubou a coroa do meu coração, e se tornou rei. Meu rei. Rei do meu coração, onde manda e desmanda, coração esse que ainda o ama. Meu coração virou o bobo da corte, que ama o rei, um rei que tem um coração de leão, que usa a roupa que o rato roeu. Meu rei já tem sua herdeira. Não precisa mais de mim, mas ainda me faz prisioneira. Por favor, meu rei... Se você me libertar, eu prometo, eu deixo você ficar com a coroa, mas ao menos me livre desta masmorra. Faz frio aqui. Eu devolvo a coroa do seu coração, pode ficar com a minha... Mas deixe-me livre. Um dia eu volto pra buscá-la. Você é rei, você saberá onde me encontrar sempre que me ver partir. Agora, por favor, meu rei, deixe-me ir...

Pra guardar no coração

Se pudesse apenas ler o que eu escrevo... Diga para o seu coração que estas palavras são para você. Guarde-as com ele, pois elas foram ditas pelo meu. Não precisa ler em voz alta, não precisa contar para ninguém, nem deixar um comentário. Apenas leia, só para elas não serem em vão. Para que eu tenha ao menos uma meta cumprida na minha jornada. Ela é longa, eu sei. Mas eu sempre tirei um tempo para poder colocar esses sentimentos para fora, eu acho até que você não sabia da existência de alguns dele. Pronto! Ta aí a chance... Aproveita. Vê que não era apenas da boca pra você, não era um mero interesse. Rolou aqui dentro do meu peito, e ainda ta rolando. Meu coração dá pulos todas as vezes que eu vejo sua foto ou quando boto para tocar aquela playlist que te mostrei uma vez. Se precisar eu coloco ela aqui para você, só pra poder pensar que você pensa em mim quando ouve estas mesmas músicas. Lê com carinho... Ouve com carinho... E guarda no seu coração, ta? Combinado?
Playlist
Nacionais
Am…

Tem que ser correspondido?

“Quando a gente ama, às vezes, é preciso saber dizer ‘até logo’”.
Para ser amor verdadeiro... Tem que ser correspondido? Às vezes eu sinto que eu amo aquele rapaz, mas ele ama outra mulher agora. Isso quer dizer que não é amor verdadeiro? Que não serve, não ‘vale’...? Às vezes eu sinto como se não fosse amar mais ninguém. Outras vezes eu penso que na verdade não foi ‘tudo isso’ (foi muito, mas não tudo) e penso quão bom seria amar novamente, sentir aquele frio na barriga no primeiro encontro, criar expectativas, ensaiar falas e chegar na hora, fazer tudo diferente.
Também penso no que ele poderia estar pensando em todas as vezes que me viu. Nas vezes que me ligou e, nas mensagens de fim de tarde, perguntando como foi meu dia. Não, eu não me vejo como substituta, ‘tapa buraco’, quebra galho, ou o que quer que seja que vocês prefiram dizer. Eu acredito, do fundo do meu coração, que em cada encontro, em cada ligação, cada mensagem... Ele estava lá. Ele tentou, do jeito dele, mas tentou. E…

Eu vivi

As coisas gritam na minha mente e eu simplesmente tento fugir, tampo os ouvidos para não escutar, finjo que não sei. Namorar... Só namora quem diz que namora? Quem ajoelha e pede ao amado? Quem usa aliança e troca o status no facebook? Quem determinou isso? Só existe sentimento se passar de certo tempo junto... Quem disse isso? Há tanta gente a mais de 10 anos juntos e não sente nada, há tanta gente gritando ao mundo o relacionamento que tem, mas não passa de uma ilusão. Eu não ‘namorei’, eu não passei anos junto, não usei aliança, não troquei status do facebook, não apresentei aos meus pais, mas eu vivi... E nada no mundo substitui esses momentos. Momentos que eu realmente vivi, senti. Momentos que nem o tempo pode me dar. E quem é que vai dizer que estou errada, que estou iludida e que vou me decepcionar? Ninguém sabe o que se passa aqui dentro, nem o que se passou. Quem acha que sabe, vê as coisas através da própria vivencia, e o que o outro viveu não é o que eu vivi, e vice versa.…

Eu sou cafajeste

Eu admito, cafajeste eu sou. Sou cafajeste porque não quero só um, quero todos. Queria todos em um só, mas não cabe. Mas todos de uma vez são demais para mim. Eu quero todos, um agora, outro depois e depois e outro. Não quero compromisso. Quero conhecer o mundo e quero que o mundo saiba que cara eu tenho, que gosto eu tenho, que cheiro eu tenho. Qual a minha textura, minha cor, o meu tamanho. Quero conhecer diversos corações, quero ouvir muitas histórias, quero ir mas poder voltar. Quero voltar sem ter que dar certeza de que vou ficar. Quero sair por ai, quando der vontade. Quero mandar mensagem de madrugada e quero ser respondida. Não quero uma, quero várias, quero muitas. Queria receber flores. Mas não só uma flor, quero várias. Várias cores, vários tipos, vários aromas, de várias floriculturas, de vários campos. Quero poder escolher. Quero sair para dançar e ser recebida pela manhã. Eu quero. Quero. Quero demais. Demais eu quero e quero querer sempre. Sou cafajeste e ass…

Feliz aniversário

Faça um desejo...        

É, meu príncipe, feliz aniversário... Sei que isso significa que você está ficando mais velho hoje e que sua idade é quase um ponto fraco. Lamento informar, mas seus cabelos brancos já estavam começando a aparecer. ‘Talvez o cartão não chegue a tempo’, talvez o endereço esteja errado. Não vou poder fazer o jantar a luz de velas que eu imaginei para esse dia especial, nem comprar aquela blusa, que a foto você compartilhou no seu facebook. Dessa vez, não vai ter uma caixa cheia de bombons para você. Sem pétalas de rosas ou coisas do tipo... Sei que o romântico clichê não faz o seu tipo, mas sei também que você iria rir da minha tentativa. E depois me abraçar e me beijar como sempre faz, envolvidos por um “obrigado” sussurrado ao pé do ouvido, e mais beijos... Já se faz tarde, né príncipe? Mas eu sei que seus aniversários não param no 36, e tem muito mais por ai. Eu não me importo de não estar com você em alguns deles. Você também não este nos meus, mas quando es…

Príncipe australiano

Ele dizia ser um homem australiano. De certo eu nunca conheci um australiano a quem compará-lo; como também nunca conheci um príncipe, mas para mim era a figura da qual ele mais se aproximava. Um príncipe australiano talvez. Ele era bem alto, o suficiente para montar em um cavalo branco (mas acho que ele esquecia dessa parte). Era forte, mas seus músculos eram naturais. Seus olhos pareciam um pedacinho roubado do céu, e sua boca, de tanta perfeição, parecia que foi desenhada a mão por Deus. Suas mãos eram grandes e grosseiras, pesadas, ele não sabia lidar com elas. Mas seus pés, ele sempre dizia, seus pés eram feios. Cá entre nós, nisso eu nunca reparei mas seus pés funcionavam muito bem como apoio para os meus. Seu corpo por inteiro, parecia que funcionava perfeitamente em conjunto. Até mesmo em partes eram perfeitos, mas nele... Tudo se transformava. Ele andava torto, meio duro. As pernas pareciam que estavam grudadas pelas cochas, mas suas cochas eram lindas. Tinha o cabelo sempre …

Receita de mulher

Sempre acreditei em signos. Sou daquelas que quando comprava revistas para adolescentes ia logo na página do horóscopo, e quando tinham aquelas táticas de conquista para cada signo, como é cada gatinho, ah, isso era uma vitória. Confesso que algumas dessas folhas eu ainda guardo e elas são minhas fiéis escudeiras. Mas, mesmo fazendo a combinação do meu signo com o signo do meu paquera, aquela expectativa de que a mensagem que vai aparecer diga “vocês são o casal perfeito”... Olha, mesmo assim, nunca deu TÃO certo não. Eu poderia ser a mulher ideal para aquele cara, até mesmo escutava de alguns caras: “você é exatamente o tipo de mulher que eu gosto”, “eu queria que minha namorada fosse como você”... Como eu posso ser o tipo certo desses caras e mesmo assim, não dar certo? Tem alguma coisa errada aí produção.
Quando a pessoa começa a dizer essas coisas você se anima, mas logo desanima de novo. Porque é sempre assim: quando floreia demais, quando você é a pessoa certa demais, a outra pes…

Sobre frio na barriga, borboletas e bochechas coradas

(In)felizmente nós não podemos prever o futuro. Há alguns dias atrás eu estava triste por uma partida, um coração quebrado, uma ligação não atendida. Mudar de ambiente, deixar o telefone em casa e parece que eu arrumei um coração novo, perdido por ai (esperando por mim). Bem diferente do que eu tinha antes, mais novo, aparência completamente diferente, mas, de certa forma, mais parecido comigo. Esse coração bate forte, desconfia, mas quer se entregar. Que bater aqui também, dentro do meu peito.
E se eu tivesse previsto o futuro? Se desde o começo eu soubesse que não daria certo com aquele outro cara, que era um verdadeiro príncipe, será que eu teria me envolvido? E se não tivesse? Bom, no mínimo eu estaria menos preparada para o que vem agora. E se eu pudesse prever o que vai acontecer de agora em diante? Agora que o passado não tem mais o mesmo significado que tinha até outro dia!

Se eu pudesse prever o futuro eu certamente não me esforçaria para conseguir chegar onde espero. Mas não é…

Meu lugar

Onze:20 - Meu Lugar

Mas ninguém imagina a minha vontade agora de colocar os pés na areia e correr, correr pro mar, correr pra você... Ficar conversando enquanto pego um sol, perder a minha vergonha de usar biquíni. Já cansei dessa distância, desse tempo sem te ver. Nunca pensei que ia dizer isso, mas eu acho que amo a praia. Eu topo, quer saber, te conheci ontem e hoje nesse Domingo ensolarado eu topo ir pra praia. Nem que seja sem orla, só areia e mar... E você.
Cansei de ficar arrumando desculpas para tudo, de tentar achar uma explicação pra tudo que não está dando certo. Cansei de me esconder, de fugir de você, de fugir desse mundo maravilhoso, desse sol reluzente, dessa liberdade que contagia. Quer saber? Dessa vez eu vou cair de cabeça nesse mar maravilhoso, vou fundo e vou voltar. Vou correr por essa areia fina e clara atrás da minha felicidade.

Se quiser me encontrar, eu posso parecer estar um pouco longe, mas eu estarei pensando em você. Então siga seu coração. Caso tenha dúvida…

Esqueça aqueles planos...

"Esqueça aqueles planos, eles não são mais seus." Eu nunca quis ter três filhos; jamais pensei em trocar meu vestido de noiva em estilo princesa por um mais moderno; eu também nunca gostei muito de prender o meu cabelo... Você entrou na minha vida e de repetente eu estava planejando o nome dos meus filhos, o dia do meu casamento, e até mesmo resolvi não mudar de cidade para cursar a faculdade. Outras cidades da baixada não me pareciam mais tão ruins assim; eu até poderia morar em Praia Grande. A cerveja já não tinha mais um gosto tão ruim assim e sair com meus amigos bêbados não era a parte mais divertida da minha semana. No começo, naquelas primeiras semanas, ainda estávamos nos conhecendo e descobrindo o que cada um gosta... Era muito bom ter (ou parecer) uns 15 anos a mais. Me sentia adulta, podia sair por ai andando de mãos dadas e ainda por cima ter uma enteada. Mas eu não sou 15 anos mais velha, eu não estou preparada para ter uma enteada ou dividir alguém que eu amo com…

Para meu Coração de Leão

Oi meu querido Coração de Leão. Como você tem passado esses últimos dias? Acredito que bem. Eu os tenho passa imersa em imensa aflição. Faz um tempo já que não nos falamos, o que dirá de quando conversávamos pra valer. Da última vez que nos falamos você disse que não nos falaríamos mais como antes... Bem, eu sinto falta disso. Daquela intimidade precoce que costumávamos ter. Já não tenho mais paciência para nada. Até mesmo quando coloco a música para repetir e o tempo em que ela acaba e recomeça me parece uma eternidade, não sei dizer desse tempo em que passarei sem você. Meus amigos tem me chamado de promíscua. Acho que é porque eu procuro em outros caras o que você foi para mim. Nem mesmo todos eles juntos representariam 1/3 do que você foi... As vezes eu tenho vontade de falar com eles as coisas que eu falava com você, mas de vez em quando me ocorre que nem todo mundo era precoce como você, nem todo mundo está interessado em sexo no primeiro encontro... Eu gosto deles, eu os quero …

As aparências realmente enganam

É engraçado como as aparências realmente enganam. Que atire a primeira pedra aquele que nunca se envolveu sem criar expectativas antes. Não tem jeito! Nós nos aproximamos das pessoas pelo que elas nos mostram. Aquela determinada característica que te faz pensar e acreditar que vocês tem algo em comum e podem dar certo.
Ou até mesmo quando você já conhece alguém, convive todos os dias com aquela pessoa mas vocês nunca conversaram. E quando surge a oportunidade, vocês descobrem que tem muito mais em comum do que poderiam imaginar, e que aquela pessoa na verdade é o contrário daquilo que você imaginava.
Parece que a nossa imagem foi feita exatamente para confundir. É como superar os próprios limites, restabelecer aquilo que você já tinha determinado como o seu "tipo". Mas no fundo, aquele que aparenta ser o que mais tem em comum com você, é o que tem menos! O que nos diz que temos que nos aproximar daqueles que aparentam não ter nada em comum conosco.
Se eu for pensar em mim mesma…

Bula

Não seria muito mais fácil se em um relacionamento cada um dos integrantes possuísse uma bula? Evitaria muitos corações quebrados e muitas lagrimas desperdiçadas. Funcionaria mais ou menos assim: antes de você se aproximar da pessoa você poderia consultar a sua bula, onde conteria tudo o que ela gosta e não gosta, o que tem a oferecer, o que espera em um relacionamento, os efeitos colaterais a serem observados caso haja um relacionamento e até poderíamos incluir o tipo se sogra nessa bula. Perfeito! É até melhor que site de paquera. Você poderia escolher a pessoa que possuísse o maior número de coisas em comum com você, ou então, ao ler a bula você tem como decidir se esta apto a aceitar e conviver com tudo o que tem ali antes de se jogar em um relacionamento.
Seria também muito bom se nessa bula fosse colocado, bem lá no cantinho, a informação sobre o seu passado. Isso não significa informar quantos caras ou meninas você já beijou, mas diz respeito a suas decepções e conquistas, algo …

Presidente

Então você se vai, dessa vez, para sempre, e apare e esse rapaz na minha vida. Bonito, amigo de toda a turma e que diz não se relacionar. Sua jogada é o descompromisso, gosta de conquistar e ser conquistado, quer jogar. Apesar de em todas as partidas anteriores ter feito as jogadas erradas, desta vez eu estou determinada a entrar no jogo e ganhar.
Ele se precipitou, deu sua cartada maior no inicio do jogo, não dá para bater uma quadra de dois, mas ele tinha uma quadra de ás e eu tinha minhas cartas na manga. Coloquei minhas cartas na mesa, resolvi que seria um jogo aberto. Há grandes chances de os dois saírem perdedores, mas há igualmente a mesma chance de ambos saírem vencedores. Eu aposto todas as minhas fichas na segunda. Até porque, minhas intenções não eram as mesmas que a dele?
Diga, me anjo, se eu não quero esquecer você da mesma forma que você queria esquecer ela? Você usou centenas de vezes essa técnica e arrisco dizer que você diria que não dá certo, mas meu caso é diferente. …

Coração de Leão II

- Demorei muito? A voz de ... Coração de Leão ricocheteou no silêncio de minha solidão. Onde só era possível ouvir os batimentos do meu coração, agora acelerados devido à volta daquela voz com que eu sonhara todas as noites desde a nossa última juntos. Fechei os olhos com medo de ver que era apenas um sonho, de que ele não havia realmente voltado. Eu cheguei a pensar em sair com outras pessoas, para tirá-lo de vez de minha mente. Mas eu fui incapaz de completar minha missão. Em todos os olhos eu procurava os seus, em todas as bocas eu procurava seu beijo. ... Coração de Leão roubara meu coração com suas garras afiadas e seus olhos incrivelmente azuis. Chegou a fazer poesia para me conquistar. Ele não sabia mas já me tinha nas mãos. Eu queria mais, queria residir em seu abraço.

Porque meu mundo é você

Eu posso não saber fazer um coque bem alto no meu cabelo como Ela fazia... Mas eu aposto que você vai sentir falta de alguém fazendo carinho na sua nuca enquanto você dirige... Porque, na verdade, meu príncipe, é que ninguém é perfeito, nem exatamente como o outro quer. É verdade também que você não é um príncipe, mas gosto de como soa quando te chamo assim. Você nunca foi o cara certo para mim, mas eu aprendi a lidar com seu costume de sair à noite, com o fato de você não ser o cara mais carinhoso do mundo e nem ao menos gostar de dormir agarradinho. Mas eu te aprendi a lidar porque eu sei que você tentou. Como sei que você tem uma vida agitada e uma filha pra cuidar, sei também que tem as mãos pesadas e não leva muito jeito e sei que roubo seu espaço na cama e te aperto muito forte, mas eu queria ter certeza de que você não sairia dali.

As minhas expectativas sempre serão grandes quando se tratar de você. Porque você sempre me deu o mundo... Porque meu mundo é você...

O talvez já se foi

Já faz um tempo que ele se foi. Desde então eu passei a olhar mais para os lados. Com ele era apenas em frente, sempre em frente; tudo parecia estar em seu lugar, não havia o que procurar. Tem um tempo já que ele virou naquela esquina movimentada e seguiu sem mim, sumiu na multidão. Não sei onde aquela rua vai dar, e nem dá para saber. Já ficou para trás. Eu continuo em frente, seguindo o mesmo caminho que eu estava antes de começar a caminhar com ele. São tantas esquinas, tantos nomes; avenidas, ruas sem saída, ruas de mão dupla, ruas de mão única... Ainda não dobrei nenhuma esquina, ainda não sai dessa rua na qual ele me deixou; talvez seja o medo de me perder novamente. Talvez na próxima esquina eu me encontre. Quem sabe. Minha amiga disse que ali há um bar que é a minha cara, talvez eu vá conhecer. Bom, o talvez ficou para trás. Alcancei a esquina e vou conhecer o bar. Volto outra hora... Talvez.

Australiano I

Naquele dia eu estava disposta a me divertir. Marquei uma balada com as amigas, queria dançar. Acabei-me na posta de dança com a minha cantora favorita cantando ao vivo; fazia tempo que eu não me divertia assim.

Arrisco dizer que éramos as mais animadas da pista. Uma pausa ou outra para uma cerveja; o balcão estava cheio. Um rapaz com cara de australiano, camisa da mesma cor dos olhos, do outro lado do balcão, parecia ter a mesma idéia que nós. Seus olhos eram fixos, a expressão era séria, mas via-se claramente o interesse enrustido naquela cara de “macho” alfa.

Também arrisco dizer que havia uma pinta de dúvida em sua expressão. Como se estivesse em uma luta interna, se perguntando se deveria ou não atravessar o salão para falar comigo. Olhou uma, duas, três vezes. Eu diria que estava rolando um clima entre nós. Comentei com as minhas amigas.

Ele atravessou o salão. Mas não em minha direção. Ia para a escada. Olhou novamente e voltou para o lugar de onde partiu. Perdeu-se na multidão. P…

Coração de Leão I

E quando vestes a tua farda, tua máscara para a sociedade, a expressão séria, o boné a cabeça como quem diz que não quer papo com ninguém. E se perde neste mar azul como seus olhos, em busca da vida, em busca da esperança. Você não tem o poder em suas mãos. Teu instinto heroico, arrisca a própria vida pelo outro, que glória. Mesmo com coração de leão, tu és Homem. Tu és esperança, é vida. A coragem de um leão dentro de um só homem. Tu és homem, mesmo que não ame uma mulher, ou todas elas. Tu és meu homem mesmo que negue. Mesmo que seja de outras. Pois tua alma reside em meu coração. Você se transformou em meu coração e assim permanecerá. O brilho dos teus olhos que sorriem tão graciosamente foi fotografado pelos meus. Essa imagem não tem preço. Feliz é quem a possui. Teu coração é grande. Teu coração não tem preço. Porque tu és homem. E tu és meu, meu querido coração de leão.

Eu te esperarei...

Não tem sido fácil, meu anjo. Sei que prometi que seguiria em frente, mas “sempre que estou indo, eu volto atrás”. Eu já me convenci que você precisa de mim tanto quanto eu preciso de você. Sei também que você não admite isso. Mas, meu anjo, eu espero por você... Como eu disse que esperaria, e eu vou esperar. Está difícil de aguentar  a saudade é grande, sufoca. Mas se você prometer que vai voltar, nem que seja para dizer que não sou eu quem você quer... Eu espero! Você mesmo havia dito que a nossa conversa não havia terminado. Eu vou esperar para ver o que vem depois desse ponto e vírgula que teima em interromper a nossa história.
Você vai me ver com outros caras, sim. Mas eu te garanto, não é nada sério! Por mais feliz e apaixonada que eu pareça estar, é só uma maneira de tornar mais tolerável a sua ausência. Porque, o que é seu está guardado. Eu arriscaria dizer que você é a pessoa certa na hora errada. As pessoas usam essa desculpa para quando não dá certo. Mas nós demos certo; e d…

Para meu príncipe

Oi, meu príncipe. Faz tempo que não nos vemos, que não temos aquela conversa gostosa que costumávamos ter no começo. Eu sei que você já não pensa mais em mim, pelo menos como pensava antes. Mas, eu não queria que isso tudo passasse batido. Apesar de todas as cobranças - que eu reconheço, foram muitas -, eu nunca estive mais feliz. Todos os momentos que eu compartilhei com você foram bons e me fizeram amadurecer muito. Apesar de querer te dar tudo o que você deseja, eu não posso ser o que não sou, infelizmente eu não tenho sua idade apesar de querer ter. Não posso negar que meu sonho é que fiquemos juntos, que tenhamos um relacionamento e nossos três filhos no futuro. É... Não era para ser. Eu estou triste por isso. Mas não te culpo por nada, não te culpo por não ter dado certo, não te culpo por eu estar triste. Essas coisas fazem parte da vida e a gente sempre sobrevive apesar de a cada respiração o peito parecer que vai explodir. Você com certeza deve saber o que eu estou sentindo. V…

Para você, que eu amo...

Acho que essas serão as minhas últimas palavras, sobre isso, para você. Não estou desistido do que sinto por você, apenas vou deixar que o tempo leve esses sentimentos para o seu devido lugar. Deixo-os descansar em paz, para que possamos ser amigos acima de qualquer interesse. Eu fugi muito dessas três palavras, porque eu não podia dizer que te amo, se você a ama. Ainda não posso, mas esses sentimentos não me pertencem mais. Acho que tudo o que tínhamos que viver, que tínhamos que fazer (e o que não tínhamos) nós fizemos. Algumas experiências boas, outras não tão boas, mas com certeza, cada um de nós vai levar consigo o resultado de tudo isso. Eu não me arrependo de nada que fiz, mas sim do que não fiz. Porque você sempre me disse para aproveitar, e eu tive medo. Mas não tive medo de você. Tive medo de mim, dos meus sentimentos. Sim, eu tive medo de me apegar mais, de me apaixonar mais, de não conseguir viver sem você. Mas eu sempre soube que você não era meu, em momento algum. Mas eu…

A tal da pessoa certa

Eu achei que essa pessoa nunca ia aparecer; a tal da pessoa certa. “No jogo na vida eu só caio na casinha 'dê dois passos pra trás'.” Mas eu me enganei. Enquanto eu achava que já tinha andado muito, eu vi que estava apenas no começo. E me apareceu você...E a casinha mudou para ‘ande um passo para frente’. E isso vem se repetindo todos os dias a um mês.

Quanto mais me perco mais me encontro.

Quanto mais me perco mais me encontro. Vi que esses dias sozinha me serviram de algo. Acho que eu pude me conhecer, me encontrar. Ainda tenho um longo caminho, mas eu já comecei... Dei o primeiro passo. Sei que não preciso ligar para o que as pessoas dizem, e que, para conquistar o que eu desejo, não basta nada além de mim – e do desejo... Porque não tem como conquistar algo desejado se você não desejar. Nesse momento eu sinto que não estou dizendo nada com nada, talvez seja a euforia de ouvir a pipoca estourando no microondas, e meu filme favorito em pausa no meu computador. Nesse momento, neste exato momento, eu não preciso de ninguém, apenas de três coisas, minha pipoca, do filme e de uma cadeira bem confortável... Porque este filme vai ser longo.

Pode ser

Pode ser que nosso destino não seja ficar junto, que talvez esse nosso ‘romance’ dure pouco, eu não sei... Mas eu sei, que daqui a alguns meses, quando eu me mudar pra'quela cidadezinha do interior eu vou me lembrar com muito carinho de tudo o que nós estamos passando, de todos os seus ‘traumas’ que eu insisto em causar, e de todas as sensações novas que você me faz sentir.

Não dá mais para mudar

Mesmo depois de você tanto repetir que não quer mais, eu não consigo esquecer de quando nos vimos pela primeira vez. De como seu olhar encontrou o meu. E como foi perfeito. Não consigo esquecer de como seus olhos eram azuis, de como seu sorriso era bonito, e minha atenção desviada das tuas palavras para nossos dedos entrelaçados do lado esquerdo do meu corpo. Não esqueço do abraço e do beijo no rosto que você me deu, quando minha vontade era de pular no teu pescoço e te tascar um beijo na boca.
Às vezes eu quero que estes momentos voltem. Outras vezes eu não quero. Algumas vezes eu penso que seria ótimo se continuássemos juntos, mas não faz sentido. Meus pensamentos não saem do dia em que nos conhecemos e nada tem sido igual desde então. Mas o toque sim. O beijo sim. Os olhos sim. Incomparável. Inexplicável. Insubstituível. Era você e vai ser sempre você. Por mais que você não queira mais.
Não dá mais para mudar esses olhos, esse sorriso, esse toque. Por mais que você me negue, nada vai…

Muita cara, pouco coração

As noites tem sido mais frias, mais longas e passam incrivelmente mais arrastadas. Quanto mais eu "durmo", mas cansada eu fico. Porque dormir, na verdade, não é dormir, é sonhar com você.
O corpo pede, a mente nega e o coração sofre. Devastado, quebrado, despedaçado, pela metade, remendado. A esperança de que se esta seria sua deixa, sua revitalização, sua reconstrução... Doce ilusão, pobre coração, era só mais um.
Dentre tantos nãos, um sim. O sim errado, o não certo. Incertezas. Nenhum amor pode ser baseado na aparência. Mas com você não era amor. Era um par de olhos azuis. Era um sorriso bonito. Era um beijo que encaixa perfeitamente. Mas não era amor.
O que era então? Uma aparência? "Quem vê cara não vê coração." Meu cupido não é cego, não é vesgo, não é caolho. Ele enxerga com os dois olhos e não usa óculos. Ele vê muita cara, quando eu só quero ver o coração.